6ª edição cancelada – COMUNICADO OFICIAL

cancelled

Prezadas e prezados seminaristas,

É um tanto consternados que comunicamos o CANCELAMENTO (no mínimo o adiamento) da sexta edição do Seminário de Oratória. Como já deve ser de conhecimento, os alunos do CEFET-MG (local em que o evento seria realizado) decidiram na noite de ontem, em assembleia democrática, a efetiva ocupação e a imediata paralisação das aulas na instituição.

A priori a ocupação/paralisação não afetaria a realização do evento. Aliás (e inclusive), em conversas com alguns membros do Grêmio Estudantil do CEFET-MG nos últimos dias, nos foi possibilitada a manutenção do seminário no dia 21 de novembro.

Porém, a decisão da comissão organizadora foi por cancelar o seminário, por entendermos que algumas perspectivas limitam a articulação dele: em primeiro lugar a segurança dos alunos que empreendem a ocupação. Como se sabe, o evento prima pela abertura irrestrita de convidados, independente de veiculação com a instituição em que a ação ocorre. Compreendemos que a abertura para o público externo, nesse momento, talvez não seja adequada, dado o processo que demandaríamos (sobretudo de acesso ao campus I do CEFET-MG/credenciamento) e a atenção aos detalhes que seria necessária. Isso impactaria ainda mais no quórum do SOBH.

O público-alvo do encontro são os alunos do próprio CEFET-MG; estes, dada a referida ocupação/paralisação, em grande maioria não estarão presentes, como se imagina, colocando em xeque os objetivos propostos pelo evento – sobretudo com as temáticas do turno da manhã. Outros aspectos logísticos e estruturais do evento também ficam, desde já, um pouco comprometidos.

Assim, contamos com a compreensão de todos e pedimos desculpas pelo transtorno – ainda que compreendendo que os contratempos de hoje sejam menores frente aos temas que motivam a mobilização dos alunos do CEFET-MG.

Estamos à disposição para mais informações em faleconosco@seminariodeoratoria.com

Cordial abraço!

A Comissão Organizadora do Seminário de Oratória

Anúncios

Sexta edição do Seminário de Oratória ocorrerá no dia 21 de Novembro

Evento tratará da inter-relação leitura, escrita e fala

O objetivo do Seminário de Oratória em 2016 será o de demonstrar como a leitura e a escrita podem contribuir para uma fala bem elaborada, cercando o orador não apenas de bons argumentos, mas dando a ele uma segurança que advém da retórica e de um desenvolvimento cognitivo prévio – estimulado exatamente pelo exercício diário da produção textual.

Saber se há alguma relação entre a fluência escrita com a verbal, e qual seria a contribuição da boa e constante leitura tanto para a produção de textos quanto para a de bons discursos, será tema de um bate-papo entre escritores na manhã do dia 21 de Novembro, no auditório do CEFET-MG (campus I). Farão parte da mesa nomes como o da escritora Laura Conrado (ganhadora do Prêmio Jovem Brasileiro como destaque na Literatura em 2012) e o do poeta Felipe Arco (famoso nas ruas [e nas redes sociais on-line] pela chamada poesia marginal).

Além disso, o seminário procurará verificar tais perspectivas na prática, apresentando de modo didático “o que é a oratória”, como os recursos expressivos não-verbais influenciam na comunicação, e como o profissional de coaching pode contribuir no desenvolvimento das habilidades expressivas. Para tanto, três palestras no período da tarde também estão programadas.

A sexta edição do Seminário de Oratória dá continuidade a um trabalho que, desde 2011, já teve cerca 50 convidados (entre palestrantes e debatedores), já captou aproximadamente 2 toneladas de alimentos não perecíveis, e capacitou pouco mais de 2.500 pessoas; tudo feito sem qualquer fim lucrativo e com recursos reduzidos para realização. Como reconhecimento do trabalho, em 2015 a ação recebeu o “Prêmio Ser Humano”, em iniciativa promovida pela Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-MG).

Mais informações sobre o evento podem ser obtidas no site do evento ou nas mídias sociais do mesmo: www.seminariodeoratoria.com / twitter.com/seminaroratoria / www.facebook.com/seminariodeoratoria.

SERVIÇO:

Evento: 6º Seminário de Oratória de Belo Horizonte

Local: Auditório do CEFET-MG (campus 1) Av. Amazonas 5253 – Nova Suíça – Belo Horizonte – MG

Horário: Painel 1 – 9h30 às 11h30 / Painel 2 – 13h30 às 16h30

Entrada: 1kg de alimento não perecível

Inscrições: www.seminariodeoratoria.com

Informações: faleconosco@seminariodeoratoria.com

Convidada Especial: Ana Souki

2016-10-28-photo-00000276Já que o nosso evento, no turno da manhã, tem como público-alvo principalmente alunos do Ensino Médio – e como será realizado no CEFET-MG, convidamos uma aluna muito especial para participar da mesa de bate-papo com os escritores e representar toda a comunidade discente da instituição. Trata-se de Ana Luísa Souki (AnaLu). Ela tem 15 anos e está cursando o Ensino Médio integrado com o técnico em Química. Ana acredita que nos livros há a chave para as grandes questões de nossas vidas e, sim, também crê em magia 🙂

Foi em um dos mundos literários que aprendeu a “buscar sempre a prática da gentileza, e não ter razão”. Dentro do universo literário, está sempre buscando ir além; inclusive fazendo entrevistas e escrevendo resenhas literárias para o GETTUB (blog) sobre o que lê – no intuito de convidar cada vez mais pessoas a entrar neste mundo. Além da paixão pelos livros, ela também ama música (de MPB a Kpop) e séries.

Conheça nossos debatedores: Adrilles

Adrilles no SOBH

Adrilles Jorge é poeta, ensaísta, cronista, palestrante e jornalista. Formou-se em Comunicação Social pela PUC (e tem especialização em Arte Moderna pela mesma instituição). Atuou como repórter, editor, produtor de televisão, revisor, redator e colunista. Em 2015 participou do programa Big Brother Brasil. Lançou ano passado a antologia poética Antijogo.

Conheça nossos debatedores: M. L. Bastilho

Bastilho

A jovem M. L. Bastilho, ou Marcia Luisa Bastilho Gonçalves, nasceu em 1992 no interior do Rio Grande do Sul e sempre gostou de escrever. Aos quinze anos começou a escrever o primeiro de cinco livros da Série The Burns – Chamas de Sangue –, lançando-o três anos depois (com apenas dezoito anos de idade) pela editora paulista Literata, com a qual participou de vários eventos, tais como: 2 Feiras Binacionais do Livro de Santana do Livramento e Rivera; 2 Odisseias de Literatura Fantástica em Porto Alegre; e, da Bienal do Livro de São Paulo. Em 2012, lançou o segundo livro, Cidade em Chamas, quando a tiragem do primeiro volume já estava praticamente esgotada. Tem contos lançados em antologias – e nem tudo é sobre vampiros. Em janeiro de 2016, relançou Chamas de Sangue pela Editora Arwen, tendo um lançamento em Porto Alegre e outro em Santana do Livramento. Em agosto, participou da 24ª Bienal do Livro de São Paulo. Está no final do curso de Letras na PUCRS e não pensa, em hipótese alguma, em parar de escrever.

Conheça nossos debatedores: Juliano Azevedo

Juliano Azevedo

Juliano Cardoso de Azevedo é jornalista, chefe de redação da TV Alterosa, professor na Faculdade INAP e Escritor. Atualmente faz mestrado em Estudos Culturais Contemporâneos na Universidade FUMEC (tendo se especializado em Gestão de Comunicação Corporativa pela Fundação Armando Álvares Penteado (FECAP)). É colunista e cronista das revistas Olhaí e Viva Bem, dos jornais Fique Sabendo e Cidade, e dos portais Aparato do Entretenimento e Digaí. É co-autor dos livros de contos Sombras e Boas Histórias. É autor dos livros de crônicas Uniformes e Pé de Abacate, que serão lançados em breve – obras estas financiadas através de crowdfunding. Possui vários artigos publicados na imprensa nacional e tem ainda experiência em Gestão Empresarial de Equipes, Comunicação Integrada, Assessoria de Comunicação e de Imprensa, com habilidades em Telejornalismo (direção, edição, produção), em Design Gráfico, em Webjornalismo, em edição e reportagem de veículos impressos e em TV. Organiza e ministra cursos e oficinas voltados para a formação de comunicadores, principalmente, jornalistas e publicitários.

Conheça nossos debatedores: Felipe Arco

Felipe Arco

Uma história de superação

Felipe Arco, 25 anos, formado em Marketing, abriu mão de atuar em sua área para correr atrás de um sonho: ser escritor. Começou pelo metrô de BH, vendendo suas poesias de vagão em vagão. Até decidir começar um projeto novo: virar camelô para poder custear seu primeiro livro. Foi assim que veio a ideia de vender paçocas. Viu que seria necessário vender 200 mil até chegar a seu objetivo. Foram quase 2 anos de luta nas ruas, até que conseguiu sua meta. Felipe Arco lançou seu primeiro trabalho em 2015,  com 80 poemas e foi intitulado “200 mil paçocas e infinitas poesias”. Após o lançar seu livro, Felipe fez um mochilão pelo Brasil, onde rodou 15 estados em 90 dias, sobrevivendo apenas da venda do seu livro na estrada. Dessa aventura nasceu seu novo trabalho, intitulado “12 mil km e infinitas poesias”. O trabalho foi lançado recentemente e já vendeu mais de mil cópias.

Conheça nossos debatedores: Laura Conrado

Laura ConradoLaura Conrado é ganhadora do Prêmio Jovem Brasileiro como destaque na Literatura em 2012. É autora do livro Freud, Me Tira Dessa! (Novo Século, 2012), considerado o melhor chick-lit nacional de 2012 pela votação popular do Destaques Literários, do sucesso teen Só Gosto De Cara Errado (Novo Século, 2013), e de Freud, Me Segura Nessa! (Novo Século, 2014). Assinou a releitura de Sonho de Uma Noite de Verão na antologia Shakespeare e Elas (Autêntica, 2014). Publicou em 2015 Quando Saturno Voltar, sucesso da Globo Livros.

A maneira divertida com a qual consegue abordar temas profundos tem rendido a ela leitores em todo país. Presença constante em eventos literários e escolas, seu trabalho já foi noticiado em importantes meios de comunicação.

Laura é mineira de Belo Horizonte, jornalista, pós-graduada em Educação, Criatividade e Tecnologia.

Conheça nossos palestrantes: Marcos Rios

marcos-rios

Nascido e criado em Belo Horizonte, Marcos Rios é produtor e agente cultural. Leciona teatro comunitário e danças folclóricas para crianças e jovens nas comunidades da Zona Norte de Belo Horizonte – MG. É diretor e coreógrafo do Grupo de Manifestações Folclóricas Calangos (MG). Na trajetória profissional, já coreografou e atuou na cia. Arteparc (MG), foi dançarino no grupo de pesquisas e projeções folclóricas Guararás (MG), duas vezes bi-campeão (2015 e 2016) como coreógrafo e coordenador artístico da quadrilha Sangê de Minas no Arraial de Belô.

No Seminário de Oratória, o tema da palestra de Marcos será: “O corpo fala: Tradição e expressão através dos movimentos”. A Cultura brasileira é muito rica. A Comunicação e expressividade corporal ainda mais. Combinadas, estas duas perspectivas nos ajudam a entender a nossa história e aquilo que transferimos aos outros com os nossos movimentos. Nesta palestra conheceremos um pouco mais sobre a rica cultura brasileira e em como o nosso corpo, as expressões faciais, a gesticulação e as posições podem dizer mais do que a própria verbalização.
.

Conheça nossos palestrantes: Suzana Dabess

dabessSuzana Dabess atua como Life & Executive coach, Coaching para desenvolvimento de competências, desenvolvedora e facilitadora de treinamentos de desenvolvimento humano e comportamental, Coach & Business Developer do ICL Portugal. Graduada em Gestão de Recursos Humanos pelo Uni-BH e especialista em Gestão da Informação e Pessoas pela UFMG. Possui Formação Internacional em Coaching e Programação Neurolinguística (PNL) pelo ICL Portugal e Coaching Executivo com Foco em Competências pelo IGP.